Movimentos básicos nos Mundos Virtuais

Meu post de hoje é sobre algo simples, mas que nem todos têm conhecimento: como se movimentar nos mundos virtuais.

Para movimentar o Avatar e a câmera, selecione os atalhos mais importantes:

Andar – setas (para frente e para trás);

Voar – Home; Page Up e Down para voar para cima e para baixo;

Movimentar câmera sem mexer o avatar: mantenha Alt pressionado, ou use o controle de câmera: View/Camera Control;

Focar em um objeto – CTRL + ALT; selecione o objeto com a lupa; você pode então se aproximar do objeto usando o mouse, e movimentar a câmera usando as setas ou o mouse com o botão esquerdo pressionado;

Movimentar-se rapidamente com o mouse– M – o avatar some da tela e você entra no mode de visão em primeira pessoa, e pressionando W você começa a se movimentar para onde seu mouse apontar (as teclas S, D e A também funcionam como substitutas das setas, pois sua mão direita está ocupada com o mouse).

Publicado em Dicas | Deixar um comentário

Virtual x Real

Engraçado, como temos a tendência a tratar as coisas aparentemente opostas, como coisas totalmente inconciliáveis. Esquecemos, no entanto, que o equilíbrio se dá pela harmonia entre os opostos. Que a diferença não exclui ou discrimina, pelo contrário, complementa.

E é sob esse ângulo que reina meu “post” de hoje: os opostos mundos do Virtual e do Real.

A palavra virtual vem do latim medieval “virtualis”, que por sua vez, originário de “virtus”, significa força, potência. Ou seja; a palavra virtual traduz tudo àquilo que tem força e potência para tornar-se real; assim como uma árvore que está virtualmente presente na semente; assim como uma borboleta que está virtualmente presente na lagarta; assim como a morte que está virtualmente presente na vida.

A leitura que devemos fazer, é que na verdade, o virtual não se opõe ao real, mas sim, ao atual. O virtual traz em si, todas as possibilidades de transformação de um estado atual. Assim como a semente em seu estado atual não é uma árvore, mas possui todas as possibilidades de ser.

O fato é que isso demanda estudo, trabalho, paciência, foco, determinação, perseverança etc. E nem todos estão dispostos a isso. A maioria prefere ficar em sua zona de conforto, reclamando quando algo não funciona como gostaria, ou adaptando-se a uma vida sem muitas exigências pessoais, mas também sem muitas conquistas.

O mundo virtual não é viver fora da realidade, pelo contrário, ele é a estimulação à transformação individual em todas as áreas de nossas vidas. Ele é um campo de aprendizagem contínuo em todos os níveis, sejam eles, filosóficos, antropológicos ou sociopolíticos.

A virtualização é exatamente a essência da transformação, do “devir”.

O mundo virtual traz em si uma poderosa ferramenta que nos coloca em processos de criação, abrindo as portas do futuro e perfurando os nossos poços mais internos, nunca antes penetrados.

Portanto, antes de discriminar, criticar e taxar como “isso” ou “aquilo”, procure apreender, pensar e compreender toda a amplitude da virtualização.

Publicado em Dicas | Deixar um comentário

Administração virtual

índice

“O espírito de equipe significa ter pessoas capazes, dinâmicas, podendo trabalhar a qualquer distância e saber lidar com suas funções, obtendo resultados positivos.”

Talvez a grande mudança desta era e a que mais surpreende a percepção das pessoas seja o desafio que a tecnologia representa ao tempo e ao espaço. Se a pouco mais de cem anos uma pessoa poderia levar um mês se deslocando de Paris a Viena para assistir a um concerto, hoje basta um teclado, e instantaneamente você estará em contato com qualquer pessoa no planeta.

Se por um lado, a tendência de humanização generalizada do trabalho já é uma realidade, por outro lado se investe no desenvolvimento da inteligência artificial, tecnologia integrante do quarto ciclo econômico. Dentro de poucos anos, talvez ela possa substituir plenamente os gestores humanos, indo portanto muito além da simples substituição da mão-de-obra em atividades que podem ser automatizadas, conciliando humanização do trabalho com o aumento da produtividade.

As necessidades organizacionais, por uma dinamização do fluxo de informações, têm causado o desenvolvimento de tecnologias diversas, não apenas alterando os tempos de resposta aos estímulos internos e externos, mas mudando todo o nosso método de trabalhar e a estrutura organizacional das mais diversas entidades. Chegamos hoje a um estado tal, que se pode afirmar que o simples ato de viver já faz ficar ultrapassado, caso não se atualizem a uma frequência periódica as organizações que não forem adotar esta política; justamente devido à dinamização e rapidez crescente do fluxo informativo.

A diferença agora é, que não é o mais forte fisicamente que irá sobreviver, e sim, aquele que puder melhor assimilar as mudanças do tempo; mudando junto com elas. No campo individual, surgiram novos empreendedores, que viram neste desenrolar da história novas oportunidades de negócio, colocando a disposição novos produtos para novos mercados. As empresas já existentes nos mais diversos ramos e que estão sobrevivendo, adaptaram as suas estruturas a nova realidade organizacional, fazendo assim nascer à organização virtual e a sua forma de gestão: a administração virtual.

Para uma empresa ser empreendedora, ela deve possuir características especiais, além de ser nova e pequena, criam algo novo, diferente e mudam ou transformam valores.

O empreendedor sempre está buscando a mudança, reage a ela e explora como sendo uma oportunidade, virtual ou não.

Fontes:

DAVIDOW, W. H.; MALONE, M.S. A Corporação Virtual. São Paulo: Pioneira, 1993.

DUFFY, Margaret. Ten Prescription for surviving and Thriving in the Virtual Organization. In Public Relations Quarterly. EUA: Summer, 2003.

IANNI, Octavio. Teorias da Globalização. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1996.

http://www.tutorexecutivo.com

 

Publicado em Dicas | 1 comentário

Feliz Ano Novo!

Nós, do Virtual Life Brasil, desejamos a todos um ano novo com muitas realizações, muita saúde, paz, amor, harmonia etc. Entretanto, desejamos a todos também, a consciência de que nada muda se não mudarmos primeiro. De que, nada adiantarão os pedidos e oferendas religiosas, ou até mesmo, as “milagrosas simpatias”, se a mudança que queremos em nossas vidas, não acontecer dentro de nós.

Somos o resultado de tudo que projetamos. O homem é aquilo que ele aspira e respira ser, já dizia Jorge Adoum.

Então, partamos para as mudanças de dentro para fora! É hora de renovação! É hora de limpar os armários internos e externos! É hora de faxinas, internas e externas!

Feliz 2016

Publicado em A Administração a falar | 5 comentários

Boas Festas!

cartoes de natal e ano novo 2015

Publicado em A Administração a falar | Deixar um comentário

Entrevista com Jonny Carter

Snapshot _ Maket Place, Sao Luis (53, 125, 23) - Pblico geral 1

Por que “Jonny Carter”?
Esse nome foi baseado em numerologia, assim poderia ser qualquer outro, mas para falar verdade eu gostei desse nome. Lembra o personagem de um desenho clássico, mas não é igual, o Jonny Quest.

Quanto tempo vivendo experiências nos mundos virtuais, grids em particular?
Dez anos. Entrei no Second Life em  2001, lá fiquei até 2005. Então fui para o Avination, e voltei em 2009 para o Second Life, com experiências que obtive. Logo em seguida, descobri que poderia ter meu próprio grid e assim fiz.
Conheci o Opensim que na época não andava, se arrastava; não tinha som, os scripts não funcionavam, onde tudo era precário. Mas o OpenSim foi crescendo e acabei me integrando com os criadores, onde aprendi muito sobre ter um grid, o que culminou em VirtualLive e depois VirtualLifeBrasil.

Como nasceu a ideia de criar o Virtual Life Brasil?
Bem, primeiro foi curiosidade, pensei que seria muito bom poder fazer de tudo sem ter medo de ser BANIDO, assim criei meu próprio grid, que na época chamava-se Virtuallive, lá fiquei por quatro anos sozinho, apenas criando tudo e participando com os criadores de sistemas.
Mas com o tempo eu resolvi compartilhar tudo aquilo que criei no opensim, e fuçando o sistema consegui fazer de tudo, som, moeda, scripts, sculpts e mesh por último, então fiz tudo funcionar quase igual ao sl, bem hoje já somos igual SL, ou melhor dizendo, hoje opensim está melhor que SL.

Qual o objetivo ao criar o Virtual Life Brasil?
O Objetivo do VirtualLiveBrasil é ter uma alternativa para PESSOAS que prezam a liberdade de ir e vir pois, em todo local que você entra é proibido isso ou aquilo, alguns Grids mais gananciosos proíbem até o hipergrid, ou privam os próprios residentes da liberdade de ir e vir, como se fossem prisioneiros, e quando descobrem que o residente frequenta outro grid, simplesmente BANEM, ou seja decretam a pena de morte do avatar, imagino que isso seja mesmo um crime.
Dessa forma, o objetivo do Virtual Life Brasil é a Liberdade, Igualdade e a Fraternidade entre os povos.

O que representa o Virtual Life Brasil pra você?
Para mim representa a liberdade, um local onde você pode dizer aqui é minha casa e sempre vou ter esta casa, sei que nunca vai se decretado minha morte “BANIDO”, aqui sou livre para expressar minhas ideias, e meu modo de vida; aqui não existe discriminação, aqui todos são iguais, não existe racismo, discriminação sexual. Aqui eu posso escolher meu sexo, minha cor, minhas paixões por seja lá o que for, e ninguém vai me olhar de forma diferente, porque aqui somos uma família.

Como funciona o Virtual Life Brasil?
A parte técnica é o seguinte: somos uma empresa Provedora de Internet (http://www.flexinet.com.br) com capacidade de 200MGbits instalada no Brasil e Backup nos USA, e Europa. Atualmente temos 16 servidores reais para prover capacidade para 2 mil ilhas de alta capacidade. Com possibilidade de expansão de acordo com a demanda.

O que deve fazer uma pessoa que deseja ingressar no grid?
Isso é bem simples, entre no nosso site de registro em http://www.virtuallifebrasil.com.br e lá crie seu login e senha, em seguida veja aqui em nosso blog como fazer a conexão e configuração do viewer, e em breve teremos nosso próprio viewer para acesso.

Quais os prós e os contras de criar um grid?
Esta pergunta é realmente difícil de responder, porque se me perguntar pelo aspecto financeiro, eu diria que não vale a pena, assim eu seria totalmente contra. Mas, eu não criei o grid para resolver meus problemas financeiros, assim sou a favor da criação se você quer apenas ter um local para diversão e que seja onde todos possam se expressar com liberdade. É isso, um grid esta mais para algo institucional. Você poderia promover outro negocio, usando o grid.

Quais são as suas expectativas em relação a ele?
Eu pretendo crescer e ter um número expressivo de residentes, e que todos residentes aderissem à ideia de Liberdade, Igualdade e Fraternidade.
E mais, o VirtualLifeBrasil vai ficar aqui para sempre, esta é a ideia. Para isso eu já acertei com meus advogados para que um dia quando eu não estiver mais aqui “Espero que este dia esteja bem distante rs”, passe o grid aos residentes com mais frequência e mais atividade no grid, estes serão os donos de tudo no dia que aqui o Jonny Carter não estiver mais. Então pessoal quando pensar em VirtualLIfeBrasil pense que um dia será seu o grid.

Que conselho você daria a quem quer criar um grid?
Caso pretenda ganhar dinheiro, vá fazer outra coisa. Se quer apenas diversão entre em outro grid, pois, é mais barato. Agora, se você quer muito trabalho, pouca diversão e nenhum faturamento, mas a satisfação de fazer algo bom para as pessoas, então crie um Grid, que vale a pena.

Quantas ilhas possui o grid atualmente?
Atualmente o Grid tem 74 ilhas, e muitas delas são ilhas de 4 em uma, assim, esse número é bem maior. E em breve teremos novidades com o nosso mais novo sistema de física, onde será possível usar aviões iguais aos do SL em nossas ilhas Mainland.

Quantos usuários?
No momento desta pergunta temos 602 usuários, mas este número cresce dia a dia.

E com que frequência eles usam o grid?
Em media 214 pessoas entram com frequência. Isso é o que o sistema contabilizou nos últimos 30 dias.

Publicado em A Administração a falar, Sem categoria | Deixar um comentário

Acessórios

ANEXANDO ACESSÓRIOS

Qualquer objeto que possui pode ser acoplado, mesmo aqueles que não foram construídos para ser. Isto permite uma grande liberdade ao criar, mesmo que se espante ao ver um sujeito usando uma “casa” como chapéu.

Há várias maneiras de acoplar algo em você…

Clique com o botão direito em um objeto no seu inventário e escolha Vestir. Se você quer um ponto em específico para prender, selecione ‘Anexar a’ e escolha o local onde quer o acessório. Pontos no qual já possuem objetos serão listados entre parênteses, então, clique Add.

DESANEXANDO ACESSÓRIOS

Novamente, há diferentes formas de remover um acessório do seu avatar…

  • Clique com o botão direito em um objeto vestido em seu inventário e Desanexar Objeto. Objetos vestidos tem a palavra “worn” escrito na frente deles, então procurar em seu Inventário pela palavra ‘worn’ é uma maneira rápida de encontrar o que está anexado.

  • A partir do menu Editar selecione Desanexar Objeto

  • A partir do menu Editar, escolha Desanexar Objeto…

  • Clique com o botão direito no item em seu avatar e escolha Desanexar.

Nota: Quando não considerado como acessório, os mesmos princípios se aplicam com o botão direito em Vestimentas no seu Inventário, mas irá aparecer “Remover” ao invés de “Desanexar Item”. Partes do corpo (Forma, Pele, Cabelo, Olhos) não podem ser removidos. Para troca-los, dê dois clique em um outro item do mesmo tipo no seu Inventário.

EDITANDO ACESSÓRIOS

A edição de acessórios é feita usando as mesmas ferramentas utilizadas para construir. Quando vestido, você pode clicar com o botão direito no objeto e selecionar Editar, para então utilizar as setas para arrastar, rotacionar e outros – para posicionar o item como desejar. O ponto de acoplamento que utilizar pode limitar o quanto você pode mover o item. Uma vez que avatares vêm em todos os modelos e tamanhos, ajustar algo como encaixar um colar, é mais fácil quando já está acoplado. Você pode usar também os standarts de pose para por o avatar em uma posição neutra para ajustes mais precisos. Isso é especialmente útil quando estiver customizando algo complexo, como uma armadura.

No entanto, há várias coisas para que se atente..

Você não pode Linkar ou Deslinkar prismas em um objeto acoplado. Caso precise fazê-lo, clique com o botão direito no acessório e depois em Tirar para poder editá-lo no chão, normalmente.

Ao vestir e ajustar um acessório ao seu corpo, o local e a posição exata em que o objeto se encontra será salva. Assim sendo se você retirar e vestir o acessório novamente, não será necessário reposicioná-lo.

IMPORTANTE: Se um objeto vestido é copiável, certifique-se de realizar um backup do mesmo antes de editá-lo ou posicioná-lo.

Publicado em Dicas | Deixar um comentário

Editando aparência do seu avatar.

sl_shape3

Um avatar é importante para interagir globalmente e explorar ao seu redor. Ele representa aquilo que queremos ser, logo; podemos personalizá-lo de infinitas maneiras.

Podemos mudar a forma do corpo (shape), trocar as roupas, cabelos, adicionar brincos, colares, braceletes, enfim, podemos mudar toda a nossa aparência quantas vezes quisermos.

A aparência de um avatar é como os outros irão vê-lo e ela pode ser editada quantas vezes você quiser. Sendo assim, vamos aprender a editar aparência.

Clique com o botão direito em seu personagem para acessar um menu no formato de um disco e selecione Aparência ou escolha Aparência através do Menu de Edição.

Alguns visualizadores abrem diretamente a janela de edição de aparência, porém, no Firestorm, ao clicar no disco em editar aparência, aparecerá outro disco, para que você escolha entre editar vestuário, ou editar o corpo do avatar. De qualquer forma, o processo de edição é sempre o mesmo, o que muda são as formas de apresentação dos menus, conforme os visualizadores.

Bem, digamos que queiramos que nosso avatar fique mais alto. Clicamos em edição do corpo, e no menu forma, vemos a aba altura e logo abaixo, um nivelador que podemos deslizar para a esquerda ou para a direita, conforme a mudança desejada. Você também pode clicar nos quadros de simulação para fazer as alterações entre mais ou menos 10 ou digitar um número entre 0 e 100, se preferir.

MUDANDO PARTES DO SEU CORPO

FORMA: Corpo, Cabeça, Olhos, Orelhas, Nariz, Boca, Queixo, Dorso, Pernas e Masculino/Feminino. Em outras palavras, uma infinidade de opções para brincar! Esses botões definem sua aparência geral. Lembre-se, não há lei que diga o quão “realista” você deve parecer, então seja quem desejar ser.

PELE: Cor de Pele, Detalhes Faciais, Maquilagem e Detalhes Físicos. Dê a si mesmo algumas sardas, ponha uma cor em suas bochechas ou mesmo estampe uma tatuagem ousada. Falando nisso, os três quadros de Tatuagem (marcados com um “X” cinza, caso nada seja selecionado) podem ser clicados para exibir um conta-gotas, então texturas adicionais podem ser sobrepostas em sua cabeça, dorso e pernas.

É importante mencionar que a troca de peles com detalhes aperfeiçoados, criados e vendidos por outros Residentes é muito popular. Você pode clicar na caixa de texto Buscar, digitar “pele” como palavra-chave e explorar os resultados exibidos. Também, caso veja alguém vestindo uma pele que você gostou, não seja tímido: Cumprimente-o e comece um bate-papo, de avatar para avatar. Você pode fazer um novo amigo!

CABELO: Cor, Estilo, Sobrancelhas e Barba. Há uma caixa de Texturas onde é possível trocar seu penteado. Por diversão, clique na caixa para exibir o conta-gotas, encontre e selecione qualquer textura em seu inventário e confira sua cabeleira mudar radicalmente. Demais, não? Aperte Cancelar caso não queira ficar desse jeito. O botão Barba somente está habilitado caso tenha selecionado Masculino, sob o botão Forma.

Atualmente, os avatares usam cabelos em mesh ou outros tipos de cabelo.

OLHOS: Sim, eles também têm! Há uma caixa onde a íris dos olhos podem ter suas texturas modificadas, igual ao cabelo e tatuagens. E mais uma vez, vários Residentes criaram seus próprios olhos personalizados e melhorados, e os mantêm estocados. Isso pode parecer meio estranho, mas partes do corpo de avatares são abundantes pelo mundo: Há muitos Freebies (objetos de graça), além dos disponíveis para venda.

TROCANDO SUAS ROUPAS

Camisas, Calças, Calçados, Meias, Jaquetas, Luvas, Roupas de Cima, Roupas de Baixo e Saias: Esses são os diferentes tipos de vestimentas que possuem uma caixa de Tecidos (Jaqueta possui caixa de Tecidos Superior e Inferior) e Cor/Tingimento para ajustar o tom. Roupas copiadas sem autorização não exibem a caixa de Tecidos para proteger a textura de ser copiada.

Não há necessidade de ler aqui exaustivamente, uma vez que você tenha entendido um pouco do assunto é aprender fazendo! Cada tipo de roupa tem niveladores exclusivos apropriados para seus atributos. Arraste um de cada tipo e veja o que acontece. Se você não estiver vestindo nada em alguma camada, aparecerá “não usando” ao longo do botão “Criar” para fazer novas e brancas roupas mais rápido que um alfaiate.

OUTRAS CONFIGURAÇÕES DE APARÊNCIA

Abaixo da janela de Aparência, existe esses botões:

Remover: Remove o tipo de roupa atualmente vestido. Isso não se aplica a partes do corpo. (Aliás, soaria estanho poder remover sua pele ou olhos!) ao contrário, partes do corpo são trocadas. Para fazer isso, basta encontrar outra parte do mesmo tipo (forma, pele, cabelo e olho) no seu inventário e dê dois cliques ou clique com o direito e depois em Vestir.

Salvar: Salva as partes do corpo ou roupas atualmente selecionadas, gravando as mudanças realizadas. A opção ficará cinza se o item não puder ser modificado e mostrará um alerta no painel.

Salvar Como: Salva uma cópia atual das partes ou roupas selecionadas. A opção ficará cinza se o item não puder ser copiado.

Reverter: Infeliz da forma como moveu os niveladores de ajuste desde que começou a editar? Dê um clique e as configurações voltarão como estavam. Observe que isso não desfaz alterações recentes de uma parte do corpo ou tirar/colocar roupas. Você deve encontrar o item desejado no seu inventário e dar um duplo clique ou clicar com o direito e selecionar Vestir.

SALVANDO A SI MESMO

Como você notou, personalizar avatares é incrivelmente vasto. Você se sentirá imerso por horas desenvolvendo um visual perfeito para você. Por favor, lembre-se de salvar seu avatar.

Olhe abaixo da janela de Aparência e vamos continuar:

Criar Visual – Exibe uma janela contendo uma explicação do que você pode fazer aqui. É simples: Certifique-se que haja uma caixa de seleção próxima a todos os itens que queira incluir ordenadamente, dê um nome para a pasta, clique em Salvar e olhe para a nova pasta de visual na pasta Vestimentas em seu inventário.

A caixa de seleção”Renomear Roupas para o Nome da Pasta ” é útil caso você esteja criando um visual com os itens que deseja renomear automaticamente. Por exemplo, uma saia anteriormente nomeada como “em progresso” será rotulada como “Roupas Formais Saia” se o nome da pasta for “Roupas Formais”. Uma vez que itens não copiáveis obviamente não podem ser duplicados, ela será movida para a nova pasta após o processo Criar Visual.

Salvar Tudo – Permite, com um clique, salvar todas as alterações realizadas. Essa opção não cria cópias adicionais, e sim apenas atualiza tudo o que foi feito desde que abriu a janela de Aparência.

Fechar- Após salvar, clique em Fechar para encerrar a janela de Aparência. Agora você está livre para andar novamente, confortavelmente sendo você mesmo!

Publicado em Dicas | Deixar um comentário

Saiba como acessar o Virtual Life Brasil

Primeiramente você deve acessar o nosso site para criar sua conta e copiar o link para configurar o seu visualizador. O link é esse:  http://login.virtuallifebrasil.com.br:8002

  • Após criar sua conta e copiar o link, abra o seu visualizador, clique em preferences.
  • Abrirá uma janela, onde você vai clicar na aba opensim.
  • Abrirá outra janela e você colará o link copiado no espaço em branco, abaixo de Add new grid.
  • Clique em Apply ao lado de onde você colou o link.
  • Procure na lista dos grids já adicionados o Virtual Life Brasil. Você verá que logo abaixo aparecerão links informativos do grid.
  • Clique então em Apply no final da janela e depois em OK.
  • Feito isso a janela se fechará e você então, fará o seu login, usando o username e senha que usou ao criar sua conta.

Segue abaixo link para vídeo explicativo: Vídeo Youtube Explicativo

 

 

 

 

 

Publicado em A Administração a falar | Deixar um comentário

A Nova Linguagem Virtual

20130909193044

Em uma época onde a internet tornou os textos mais naturais e coloquiais, é preciso ter cuidado com as nossas produções textuais via internet.

Sendo assim, esse post é para enumerar alguns cuidados na hora de enviar textos digitais, sejam eles, através de e-mails, blogs ou rede sociais.

São elas:

  • Textos em maiúsculas (CAPS LOCK ativado), na maioria dos casos, dão a entender que você está gritando. Se quiser destacar algo, sublinhe ou coloque entre aspas. Se o programa utilizado na comunicação permitir, use o itálico ou o negrito, mas sempre de forma moderada para não poluir o texto.

  • Em conversas informais é normal que a norma culta da língua seja posta de lado. O que não quer dizer que se possa escrever de qualquer jeito. Atenção para os erros que podem mudar o significado do que se quis dizer, como usar “mais” em vez de “mas”, “e” em vez de “é”, “de” em vez de “dê” e assim por diante.

  • Por mais informal que seja, o interlocutor pode não conseguir acompanhar o fluxo de pensamento do redator. Daí a necessidade de pausas. Por isso atenção à pontuação e à divisão de parágrafos.

  • O cuidado com o que se publica é essencial para evitar mal-entendidos e situações constrangedoras. Como o meio virtual permite respostas muito rápidas e publicações instantâneas, pense antes de tornar públicos seus pensamentos. Por isso pense, escreva, leia o que escreveu e só depois publique na internet. Lembre-se que suas opiniões ficarão registradas e podem ser facilmente associadas ao seu nome numa busca rápida. Evite também publicar informações que possam lhe causar problemas, como críticas ao seu chefe ou seu endereço.

Publicado em A Administração a falar, Sem categoria | Deixar um comentário